Como surgiram as panificadoras?



Foto: Jonathan Borba on Unsplash

Não é de hoje que as pessoas sentem aquele cheirinho maravilhoso de pão recém saído do forno ao passarem na porta de um certo estabelecimento... A arte de fazer pão é milenar. E acredita-se que ela seja mais antiga do que pensamos: sinais de amido encontrados em pedras de moer muito antigas sugerem que o pão tenha mais de 30 mil anos! Você pode acreditar nisso? Mas os estabelecimentos especializados nessa arte surgiram um pouco depois disso. A gente vai te contar tudo, afinal, de panificação a Doce Delícia entende.


Os egípcios contribuíram, de certa forma, com o desenvolvimento de todas as áreas da sociedade atual, isso é fato, mas quando se trata de panificação, seus conhecimentos foram fundamentais. Estudos e descobertas arqueológicas apontam que os egípcios foram os primeiros a cultivar a levedura para ser usada no pão, apesar de alguns historiadores sugerirem que o fermento existe desde a pré-história. O pão parecia ser algo muito importante no Egito Antigo, já que os salários de trabalho eram pagos em pães e cerveja.

Foto: Daniel H. Tong on Unsplash

Historiadores americanos dizem ter descoberto a padaria mais antiga do mundo, em 2002, e adivinha onde? No Egito! Ela está localizada no Oásis de El-Kharga, datado de 3.000 a.C., e além disso acredita-se que ela fora usada para a produção do “pão do sol”, pão tradicional egípcio produzido ainda nos dias de hoje.


Imagem da padaria mais antiga do mundo (Foto: via Hypeness)

Já em Roma a arte da panificação foi tomando forma. Surgiram escolas de padeiros e estabelecimentos de verdade, e os profissionais dessa área tinham grande prestígio, sendo até isentos de certos impostos. “Pão e circo” está começando a fazer sentido para você agora não?



Foto: Jennifer Martin on Unsplash

Com a queda do Império Romano a panificação só se destaca novamente no fim da Idade Média, quando a receita começara a se espalhar pelo mundo e muitas novas foram sendo criadas. Dessa forma surgiram inúmeras panificadoras por todos os cantos, mas no Brasil nós só conhecemos o bom pãozinho em 1835.


O famoso pãozinho francês é presença confirmada nas padarias de todo o Brasil. (Foto: Shutterstock/TudoGostoso)

As tecnologias foram evoluindo e foram surgindo novos tipos de fornos, como o forno à gás (1872) e o forno elétrico (1901). Desde então tudo se modernizou até chegar às tecnologias de panificação que conhecemos hoje.


Foto: Maranda Vandergriff on Unsplash

Agora, sabendo de toda a história da nossa arte da panificação, por que não vem até a Doce Delícia para saborear aquele pãozinho delicioso acompanhado de um cafezinho? Esperamos por você!

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo